Tem muita gente que se pudesse iria morar no Japão, é o sonho compartilhado de muitos. Agora, imagine ganhar uma casa novinha como incentivo para morar em uma cidade maravilhosa do Japão?

Essa é uma iniciativa que a cidade de Okutama está tendo para combater um problema sério no Japão, o de desaparecer.

Okutama

Okutama

Primeiro, já ouviu falar em Okutama? O local fica na prefeitura de Tóquio, é conhecido como um oásis de tão belo. Porém, muita gente acaba esquecendo Okutama em seu roteiro de viagem ou planos de moradia.

Afinal, a cidade é muito bonita e nem parece fazer parte de Tóquio. O local possui florestas e verde abundante, rios, cavernas, locais para pesca e culinária deliciosa. A cidade é pequena e a população acolhedora.

Leia também

Yaeyama: conheça o paraíso escondido de Okinawa

Conheça o Jigokudani Monkey Park no Japão

Um guia sobre os onsens, ryokans e sentos no Japão – Tipos e regras de etiqueta

Okutama fica a cerca de 70 km de Tóquio e o acesso é feito por trem, com viagem 1 hora e 50 minutos em média. A população é de mais de cinco mil habitantes.

Casas novas

De acordo com informações divulgadas, Okutama pretende construir novas casas e prédios, totalmente completas, com jardim e garagem. Serão três tipos de apartamentos disponíveis.

As casas novas serão entregues para pessoas que quiserem morar na cidade. O morador/a deverá ter no máximo 43 anos e com crianças cursando até o ensino fundamental.

Condições

Porém, será preciso pagar uma taxa de 50,000 ienes pagos anualmente por cada família serão destinados para a cidade. Porém, famílias com duas crianças terão um desconto na taxa de 10,000 ienes. Quem tiver três filhos, deverá pagar 35,000 ienes.

A condição final é que a família fique por 22 anos, nada de seu mudar até lá. Após esse período, uma boa notícia. A casa será transferida para o morador e oficialmente ficará isento de pagar a taxa anual.

As medidas estão sendo tomadas, pois Okutama enfrenta o mesmo problema de muitas cidades do Japão, o de falta de moradores. Os que ficam são idosos, já que metade da população já tem mais de 65 anos.

A esperança é que novas famílias se mudem e façam Okutama continuar no mapa. As inscrições começam a partir de maio e a entrega das casas em janeiro de 2019. Segundo a reportagem do ANN News, as inscrições são presenciais e para cidadãos japoneses apenas.

Fonte: Sora News

Curta nossa página no Facebook
(Não aperte o botão se você já curtiu)

Comentários

comentários