Formiga-de-fogo aterroriza japoneses

O Japão tem um bocado de insetos. Nas áreas rurais pode ser mais evidente, além disso a natureza é muito bem preservada e ambos, humanos e insetos convivem bem. Porém a formiga-de-fogo ou formiga vermelha causou preocupação no governo japonês por quebrar o equilíbrio.

As formigas foram encontradas em um contêiner em junho de 2017 em Kobe e mais 100 no porto de Tóquio.

Formiga-de-fogo

formiga de fogo

É uma espécie agressiva e pode chegar até 6 mm, obviamente o tamanho não impressiona, mas o que as fazem serem perigosas? A resposta é: o veneno injetado em sua picada.

É dolorosa e causa inflamação, além disso elas costumam atacar em grupo, então, mais do que uma picada é frequente. Além disso, às vezes elas atacam e matam pequenos animais.

As picadas ainda podem levar a choque anafilático, problemas respiratórios, reação alérgica e até morte.

Por isso, o Ministério do Meio Ambiente do Japão entrou em ação com investigações dos locais onde as formigas foram encontradas. Os funcionários vasculharam a área no raio de 2 km colocando armadilhas e veneno para que elas não aumentem ou façam colônias no país.

Leia também

A barata d’água do Japão é de arrepiar

Os oito insetos do Japão mais assustadores

Vespa Mandarina: o inseto mais perigoso do Japão

O contêiner com formigas do porto de Tóquio vinha da China. Ainda segundo o Telegraph, esses casos não são isolados no Japão, cerca de 68 portos recebem inspeção de carga originária de outros países em que as formigas são comuns.

Certa vez, outras 500 formigas e sua rainha foram encontrados em Yokohama. Além disso, esse tipo de é extremamente resistente e adaptável e sua colônia pode chegar a 250,000.

Fonte: Telegraph e Kyodo News

Comentários

Share via