Yamamoto-tei: Conheça um lindo e tradicional jardim japonês em Tokyo

O Yamamoto-tei está classificado entre os três melhores jardins do Japão. Sua área compreende também uma exuberante residência aberta à visitação.

Leia também:

Yamamoto-tei de Tokyo

Retina p8244365

O Yamamoto-tei está classificado pela renomada revista japonesa especializada em jardins, Sukiya Living, como um dos três melhores jardins do Japão.

E seu espaço compreende um edifício e um exuberante bosque, com um lago e uma cachoeira, na parte trás da área. Onde, portanto, o som da água e dos pássaros proporcionam uma profunda sensação de paz.

Resultado de imagem para yamamoto tei tokyo

Conheça a harmonia do design “japonês-ocidental“, além da sensação de calma que esta atração internacional proporciona.

Arquitetura shoin-zukuri

Yamamoto-tei está tombado como Propriedade Cultural Tangível pelo bairro de Katsushika e atrai visitantes de todo o Japão e do mundo.

Nele é possível observar a mistura única da arquitetura shoin-zukuri com o estilo ocidental, além do elegante jardim circundante.

O edifício do jardim é a antiga residência do empresário de Tokyo, Einosuke Yamamoto. Ele foi o fundador da fábrica de peças para câmeras Yamamoto Plant.

Yamamoto mudou-se para esta área após o Grande Terremoto de Kanto, em 1923. Então, ele revitalizou o prédio de 1926 a 1930.

O edifício foi usado por quatro gerações antes de ser adquirido pelo bairro de Katsushika, em 1986, e aberto ao público em 1991.

Retina tora 048

A residência

A estrutura de madeira, de dois andares, do Yamamoto-tei tem uma área de 400 m² no primeiro andar e 50 m² no segundo. No entanto, possui uma área aberta para o jardim, sala de estar, armazém, sala de cerimônia do chá e sala de estar.

A sala de estar exibe elementos característicos deste design, como o chigaidana (conjunto de prateleiras) e akarishoji (portas de tela de papel, para a passagem da luz).

A área que se abre para o jardim, agora é usada como uma casa de chá. Então, nesse espaço, os visitantes podem beber um matcha, enquanto se encantam com a exuberante vegetação.

O edifício combina a arquitetura tradicional japonesa com distintos toques ocidentais em seu design interior e exterior. E sua sala de visitas é o único ambiente em estilo ocidental.

Mas, o jardim de Yamamoto-tei é um típico jardim japonês, onde seu design prioriza a vista do jardim do interior do edifício.

Retina main

Projeto Shiosai

Em 2016, o jardim de Yamamoto-tei ficou em terceiro lugar no ranking anual do Projeto Shiosai. Este é um projeto coordenado pela respeitada revista dos EUA especialista em jardins japoneses, Sukiya Living.

O Projeto Shosai avalia e classifica 900 jardins públicos em todo o país. E o seu objetivo é oferecer uma avaliação a partir de dados sobre a beleza e tranquilidade dos espaços.

Nesta avaliação, portanto, o Yamamoto-tei está classificado entre os 10 melhores desde 2003.

O Projeto Shiosai tenta, portanto, identificar os melhores ambientes da Sukiya Living no Japão. Ele objetiva desta forma direcionar a atenção para estes espaços verdadeiramente relaxantes e bonitos. E não apenas para os grandes, antigos ou famosos jardins japoneses.

Fontes: Wasa-bi / SukyaLiving

Share via