Iga está passando por uma escassez de ninjas em 2018

Vila japonesa enfrenta escassez de ninjas mesmo com salários tão altos quanto US$ 85.000. Saiba o que está acontecendo.

Leia também:

Berço dos Ninjas

Acredita-se que Iga, localizada na província de Mie, no Japão, seja o berço ninja e lar da escola de ninjutsu. Além de hospedar o mais famoso Museu Ninja do país.

No Museu, os visitantes podem não apenas assistir às demonstrações ninjas, mas como também, passar por um treinamento para aprender as habilidades.

No entanto, infelizmente, a fama da cidade está em risco, já que Iga está enfrentando uma escassez de artistas ninjas qualificados, para seu festival anual de ninjas.

Como resultado de um problema de despovoamento em todo o país, a juventude local está relutante em viver no campo. E isso portanto tem colocado em risco o famoso festival anual.

Turismo

A prefeita de Iga, Sakae Okamoto, diz que a cidade sempre dependeu do apelo da herança ninja para atrair o turismo, e mais:

“Neste momento em Iga, estamos trabalhando muito para promover o turismo ninja e obter um melhor resultado econômico”.
“Por exemplo, realizamos este festival ninja entre o final de abril e o início de maio.”
“Durante este período, os visitantes e também as pessoas locais vêm para cá. Todos estarão vestidos como ninjas, passearão e se divertirão. Mas, recentemente, tenho sentido que isso não é o suficiente”.

Mesmo Iga atraindo, normalmente, cerca de 30.000 turistas para o seu Festival anual de Ninja, a cidade perdeu 1.000 residentes no ano passado.

Salário

Hoje, um ninja pode ganhar de US$ 23.000 a cerca de US$ 85.000. Esse, portanto, é um salário realmente bom, muito mais do que os ninjas de verdade costumavam ganhar no Japão medieval.

Então, se você está planejando uma viagem ao Japão, tente manter viva a tradição ninja visitando o Museu de Iga ou o seu Festival Ninja. E pode até levar o seu currículo! O que acha de ser um ninja em 2018?

Comentários

Share via