6 fatos interessantes sobre o Japão antigo

Com mais de 2,500 anos de história, o Japão é um país cheio de curiosidades e dados impressionantes. Por isso, confira algumas as passagens mais marcantes do Japão antigo.

6. Construção mais antiga do Japão

Kondoo de horyuji

A pagoda do templo Horyuji é considerado a construção de madeira mais antiga do Japão. Foi construído em 594 AD na cidade de Ikaruga em Nara, segundo relatos de historiadores.

Apesar disso há convergência na data entre documentos. Desde 1993 é Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

O príncipe Shotoku mandou construir o templo para oferecer a Buda e nos dias atuais apenas a pagoda Kondoo, o pavilhão principal é original de sua construção.

Além disso, seu interior é preenchido com relíquias e obras de arte da época Asuka, Hakuho e Tenpyo.

5. Primeiro a instituir lei contra escravidão

toyotomi hideyoshi

Toyotomi Hideyoshi foi o responsável por aprovar e colocar em prática a primeira lei que proibia o comércio de escravos em 1587.

Após os portugueses fazerem contato com o Japão no século 16, o comércio de escravos cresceu. Era comum que japoneses fossem vendidos para trabalho.

4. Guerra civil

guerra civil - Sengoku

Com mais de 2,000 anos de história, o Japão já sofreu com guerras. Durante o período Sengoku, o país enfrentava uma violenta guerra civil.

A disputa entre o título de shogun deu um boom na construção de castelos. Mais de 5,000 castelos de shoguns foram erguidos naquele período.

Os conflitos duraram desde o século 15 até o começo do século 17. Foram mais de 150 anos de guerra civil e disputas constantes entre daimyos (barões feudais).

3. Sem carne

Imperador Tenmu

Por 1,200 anos o Japão foi um país que não consumia carne de qualquer animal. Influenciado pelo budismo, o Imperador Tenmu proibiu o consumo de carne em 675.  O banimento foi mantido até 1872.

Leia também

9 curiosidades sobre o anime Death Note

10 curiosidades sobre o Monte Fuji

Salários no Japão: Dados e curiosidades

2. Cultura única

cultura Japão

Por 217 anos, o Japão foi um país fechado. Sem influências externas, conseguiram desenvolver uma cultura única. A ruptura aconteceu em 1635 e foi revogada apenas em 1852.

1. Linhagem mais longa

Amaterasu

Segundo a mitologia japonesa, o Japão foi criado pelo deus Izanagi e a deusa Izanami. Com as ilhas também criaram 800 kamis.

Entre eles, Amaterasu, deusa do sol e tataravó do Imperador Jimmu. Desde então a linha suscessora não foi quebrada e permanece com o Heika Akihito.

Gostou do artigo? Inscreva-se em nossa Newsletter.

Share via