Gaman e a capacidade do povo japonês em perseverar

Gaman é uma palavra japonesa de cunho filosófico e religioso no Japão. Como quase toda palavra japonesa não existe uma tradução literal, mas de significados. Paciência, força, determinação e dignidade.

Está enraizado na cultura e no modo como os japoneses são ensinados a pensar e agir.

Gaman

Gaman

Quem segue o gaman tem um olhar mais compreensivo com o mundo e os problemas que surgirem. A ideia é ser paciente e saber lidar de forma calma com as adversidades.

Após o terremoto de 2011, o mundo ficou surpreso em como os japoneses lidaram e caminhavam para a recuperação de forma rápida.

Os jornalistas ficaram admirados com a calma das pessoas após o desastre e teve gente também que os chamou de frios.

Quem teve essa última opinião não sabia que o povo japonês lida com as situações de maneira diferente. Eles estavam calmos e confiantes para enfrentar o que estaria por vir.

Confiando na força pessoal, nas autoridades e pensando no bem-estar do grupo. Com determinação, pensamentos positivos, com gratidão e compaixão com o próximo. Se alguém perdia a casa, logo pensava no vizinho que poderia ter perdido seus filhos.

Carpa Gaman

Não à toa o símbolo do gaman é uma carpa. Esse peixe nada contra a correnteza sem falhar. Com a determinação de passar pelos obstáculos, persistir com paciência e dignidade mesmo diante de situações consideradas impossíveis.

O gaman também é usado no cotidiano e não apenas em épocas de desastres. Também serve para enfrentar o trânsito, problemas com familiares, no trabalho, etc.

Portanto, pense e seja gaman! Gostou do artigo? Compartilhe.

Fontes: Código cultural do Japão.

Share via