Oshima Teru: site mapeia casas com histórico de morte

Já ouviu falar no website japonês Oshima Teru? Se você vive no Japão ou pensa em morar na terra do sol nascente, dar uma conferida na página pode te ajudar na hora da mudança.

Mas como o Oshima Teru pode te ajudar ao escolher um apartamento para viver no Japão? Simples, o site te informa sobre imóveis onde houve algum homicídio ou suicídio.

Macabro, porém útil

Oshima Teru

A população japonesa possui tradições milenares, sistemas de crenças e culturas populares que os fazem parecer supersticiosos.

Embora não exista nenhuma comprovação científica sobre a realidade das superstições dos japoneses ou de outros povos, mas também não existe nenhuma comprovação científica que desminta essas tradições.

Ainda que a ciência possa dar algum argumento sólido sobre os eventos sobrenaturais baseadas nas leis naturais, são apenas uma interpretação materialistas tão passivas de erros quanto as próprias tradições.

De qualquer forma, independente dos famosos Yureei da cultura japonesa, dificilmente alguém gostaria de viver em um ambiente onde ocorreu uma morte violenta.

Por isso o oshima teru é uma excelente forma de evitar quaisquer tipos de problemas com más energias no ambiente ou assombrações dentro do lugar onde você irá viver.

Oshima Teru – お島てる

O aplicativo da web foi lançado em 2005 e continua recebendo atualizações de seus idealizadores.

Já o layout da página utiliza o próprio Google Maps para marcar os locais onde ocorreram mortes misteriosas que podem incluir homicídios, suicídios, morte solitária, acidentes e casos sem soluções.

Em resumo, a página japonesa (também disponível no idioma inglês) marcam no mapa do Japão as propriedades ditas como estigmatizadas.

Se você vive ou já viveu no Japão e viu alguma casa, apartamento ou imóvel barato demais, desconfie, provavelmente algo horrível aconteceu por lá.

Leia também

Conheça as lendas urbanas japonesas que inspiraram filmes de terror assustadores

Yureei: por quais motivos os japoneses tem tanto medo desses fantasmas

Casas mal assombradas horripilantes do Japão

Como funciona?

Quando você acessar o site do Oshima Teru (http://www.oshimaland.com/) você verá o mapa do Japão com vários focos de incêndio com um número dentro.

Mapa Oshima Teru

Conforme o usuário amplia o mapa, os ícones de fogo vão se espalhando pelas províncias, cidades e distritos. Quanto maior o zoom, mais detalhes sobre o imóvel aparecem disponíveis.

Se o usuário clicar em cima de um com um ícone de fogo, encontrará informações sobre o que aconteceu ou links de notícias relacionados ao trágico evento.

Existem muitas pessoas que utilizam o aplicativo como uma forma de curiosidade mórbida apenas para saber os detalhes dos crimes ou mortes no imóvel.

Mas também há pessoas que procuram por locais históricos onde eventos terríveis ocorreram como o arranha-céus Sunshine 60, a prisão Sugamon e o Tomayama Park.

Outros usuários utilizam o serviço para evitarem imóveis assombrados.

Já os bem aventurados que não se importam ou não acreditam em assombrações utilizam para encontrar bons imóveis por preços abaixo do valor de mercado.

De qualquer forma, a plataforma Oshimaland (Oshima Teru) recebe entre 700 a 800 mil visitas diárias.

Que tal dar uma conferida no local onde você irá viver? Mesmo o mais cético dos seres humanos pode se sentir desconfortável em um ambiente com uma energia tão negativa.

Gostou do artigo? Não deixe de se inscrever em nossa newsletter.

Share via