Ingressos para Olimpíadas Tokyo 2020 não atende demanda alta

A demanda por ingressos para as Olimpíadas Tokyo 2020 bateu recordes e a quantidade parece não suportar a demanda.

O site de vendas oficial teve congestionamento de mais de 1 milhão de pessoas e estava lento na última terça feira. Muitos ficaram sem ingressos.

Anúncio oficial Olimpíadas 2020

Segundo organizadores, 7.5 milhões de residentes de Tokyo se registraram oficialmente pelo sistema de loteria que teve início no dia 09 de maio e durou até o dia 28 apenas para moradores.

Quem foi sorteado para conseguir um ingresso recebeu um e-mail no dia 20 de junho e terá até o dia 2 de julho para realizar o pagamento.

Além disso, a estimativa é que a demanda seja de 70 a 85 milhões de pessoas no total. No entanto, são 7.8 milhões de ingressos disponíveis e 20 a 30% serão destinados a compras fora do Japão e serão vendidos por empresas autorizadas e oficiais.

Restrições

Muitos fãs descontentes apareceram e as regras sobre restrição em publicação nas redes sociais para quem comprar os bilhetes também causaram polêmica.

De acordo com o Japan Times, quem procurou comprar ingressos foi surpreendido por uma regra. Vídeos e áudios gravados nas instalações das Olimpíadas não poderão ser postados nas redes sociais ou plataformas de streaming. Apenas fotos serão liberados.

Portanto, quem tem canal no YouTube não poderá fazer transmissões direto do evento, segundo o comitê internacional. Essa medida foi usada nas Olimpíadas de Londres de 2012 também.

Leia também

Descubra o que o Japão mostrará nas Olimpíadas de Tóquio 2020 

Robôs feitos pela Toyota trabalharão nas Olimpíadas Tokyo 2020 

Japão veta fumo para as Olimpíadas de Tokyo 2020

As Olimpíadas acontecerão entre os dias 24 de julho a 9 de agosto de 2020 e a expectativa é grande.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via