Daikichi & Fuku-chan: gatos viajantes do Japão já visitaram 47 prefeituras

Os gatos viajantes do Japão são Daikichi & Fuku-chan. Eles foram resgatados em momentos distintos, mas são dois sobreviventes.

Gatos viajantes do Japão

Daikichi e Fuku-chan viajando

Daisuke Nagasawa, 49 anos, passou a ter que viajar a trabalho em 2011. Ele é CEO de uma empresa de tecnologia.

Daikichi era considerado feral e morava na rua. Foi encontrado em um dia de muito frio, quase morto, em uma estrada perto do Hokkaido National Park em 2005.

Foi adotado, mas é um gato desconfiado com humanos. Portanto, não aceitou nenhum cat-sitter, passava a noite miando muito alto em hotéis para animais de estimação e passou a ficar agressivo/chateado enquanto seu dono ficava longos períodos fora.

Fuku-chan é um gato laranja que foi abandonado em uma caixa de papelão em 2010. Os dois olhos estavam infeccionados e passou por cirurgia. Se deu bem com Daikichi e viraram amigos inseparáveis.

Então, para resolver o problema, seu dono resolveu levar seus gatos em qualquer lugar que fosse. Após oito anos visitaram o Japão todo.

Gatos viajantes no Monte Fuji

Eles já viram a temporada de Sakura, visitaram o Monte Fuji, praias, castelos e inúmeros locais do Japão.

Gatos viajantes pelo Japão

Para transportar os gatos, Nagasawa adaptou um carrinho de bebê e uma mochila que leva nas costas com Daikichi e Fuku-chan.

Carrinho de bebê adaptado

Leia também

Conheça a linda amizade entre Obachan Misao e seu gato Fukumaru no Japão 

Descubra o motivo de não existir um ano do gato no zodíaco japonês

Entenda a adoração dos japoneses por gatos! 

Atualmente, eles registram todos os seus momentos no Instagram, Facebook e através do blog tabinyanko. Confira as aventuras de Daikichi & Fuku-chan <conta oficial the travelling cats>

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via