Diálise no Japão: pesquisadores desenvolvem máquina portátil

Quem sofre de insuficiência renal e precisa de uma máquina de diálise no Japão será beneficiado pelo avanço de pesquisadores.

A máquina do tamanho de uma maleta portátil mede 30 centímetros de altura, 18 centímetros de largura e pesa 4 kg tornando-se a menor do mercado.

Ela ficará disponível para vendas em 2023 e facilitará a vida de muitas pessoas. Foi desenvolvido em conjunto pelas Universidades de Yamanashi, Kobe, Kitasato e Kawasaki.

Ela será útil em casos de desastres naturais e emergências até que a pessoa consiga fazer a diálise em um hospital.

Insuficiência renal

Máquina de hospital

A insuficiência renal aguda é caracterizada pela perda da capacidade dos rins de realizar suas funções.

De forma resumida, o rim não consegue mais filtrar o sangue e a pessoa precisa passar pelo procedimento através de máquinas.

No Japão, o número de pessoas que precisam do procedimento aumentou. Em 2017 foram contabilizados 334.505 casos. 90% precisa ir ao hospital regularmente, segundo a Japanese Society for Dialysis Theraphy.

Ainda segundo a International Kidney Evaluation Association Japan (IKEAJ), o Japão é o segundo país com maior número de pacientes em estágio renal avançado. No entanto, a taxa de sobrevivência é uma das maiores.

Leia também

Go Japan! Nova tecnologia japonesa promete ajudar os deficientes visuais 

Mobilidade reduzida: como é a acessibilidade no Japão? 

7 tecnologias incríveis do cotidiano japonês 

Os rins além de filtrar o sangue são responsáveis por eliminar as toxinas do organismo e são fundamentais.

A doença evolui em um processo longo, silencioso e assintomático até chegar ao estágio crítico da perda de funções.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via