Love Plus: jogo de namoro virtual agrava a solidão dos japoneses solteiros

Love Plus foi desenvolvido pela Konami, empresa responsável por sucessos no mundo dos games, como Metal Gear Solid, Silent Hill e Pro Evolution Soccer.

Não é o único jogo de relacionamento virtual disponível hoje em dia, mas foi pioneiro no segmento de games.

Love Plus

Love Plus no Nintendo DS

O jogo de namoro da Konami conta com três avatares de jovens estudantes. Rinko (a mais popular) Nene e Manaka. Cada uma com uma personalidade diferente.

Namoradas do Love Plus

O jogador consegue pontos com sua namorada virtual ao agradar e ajudar. Pode ser fazendo tarefas domésticas, dando presentes, etc.

Sucesso de vendas

Homem jogando Love Plus

Apesar das limitações na interação, o jogo foi um grande sucesso. Vendeu mais de 600 mil cópias no ano de lançamento e cativou muitos homens solteiros.

Desde o lançamento, até os dias de hoje (2019), ainda existem homens que ainda continuam com o mesmo relacionamento com a primeira avatar escolhida em 2009.

Preferem namoradas virtuais

Alguns japoneses preferem namoros virtuais e evitam relacionamentos com pessoas. No Japão há encontros de jogadores de Love Plus onde eles levam “suas namoradas” a eventos sociais.

Nintendo DS com jogo Love Plus

Um homem japonês, 38 anos, casado declarou a BBC que a namorada virtual era mais fácil de lidar e mantinha o jogo escondido de sua esposa.

No Love Plus, ele tem 17 anos e encontra Rinko para passear, vão para a escola juntos e celebram aniversários de namoro.

Dados

Há uma série de artigos no Coisas do Japão sobre os problemas do cotidiano japonês, como a baixa natalidade do país, isolamento social, e relacionamentos.

No artigo Você sabe porquê existem tantas pessoas solteiras no Japão? , os dados do Instituto Nacional de Pesquisa Populacional e Previdenciária (IPSS) revelam algo surpreendente.

Em 2018, o número de japoneses entre 18 e 34 anos solteiros correspondiam a 69,8% dos homens e 59,1% das mulheres.

Apenas 65% dos homens e 76,1% das mulheres japonesas entre 25 a 39 anos estavam em um relacionamento.

Além disso, aproximadamente ¼ dos japoneses entre 18 e 39 anos nunca tiveram experiências sexuais.

Desconexão social

Existem muitos motivos culturais, sociais e psicológicos para um índice tão alto de pessoas sem um relacionamento no Japão.

O medo da rejeição e não saber interagir com pessoas do sexo oposto são alguns dos principais aspectos psicológicos.

Há também questões de posição no mercado de trabalho, estabilidade econômica e status quo que são pontos importantes na cultura de relacionamento do Japão.

Leia também

Hikikomori cresce no Japão e preocupa autoridades do país 

Morte solitária: a dura realidade dos idosos no Japão 

Ubasute e a cultura do abandono de idosos no Japão 

Os jogos de simulação de relacionamento não são exclusividade do público masculino, há uma série de jogos e aplicativos voltados para as mulheres.

Por enquanto, não há a opção de avatares masculinos no Love Plus, porém, é esperado que os desenvolvedores criem personagens.

A versão para smartphones iOS e Android foi anunciada em 2018 pela Konami, mas foi adiado. É esperado que a nova versão de Love Plus Every seja lançado ainda em 2019.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via