Empresa japonesa ajuda com dinheiro funcionários que resgatarem gatos

O amor aos felinos foi além no Japão. A empresa Ferray Corporation iniciou uma campanha de incentivo para seus funcionários adotarem gatos abandonados. A atitude virou notícia e ganhou simpatizantes pelo país.

gato na mesa de trabalho

A companhia de TI e sistemas de desenvolvimento começou a pagar uma compensação financeira no valor de 5.000 ienes para cada gato. Atualmente, existem nove gatos no escritório.

Apenas gatos abandonados

A regra é não comprar os felinos, mas apenas adotar os abandonados, os que estão em centros de zoonozes para serem sacrificados ou que estejam a espera de um lar.

Gato resgatado em cima de desktop

Ajuda de custo

Os pagamentos são feitos mensalmente junto com o salário para ajudar a comprar comida e cobrir custos de cuidados básicos. Além disso, eles são incentivados a levarem os pets ao trabalho todos os dias.

Os funcionários novos são responsáveis por alimentar os gatos duas vezes ao dia, além de limpar as caixinhas de areia. Por conta da movimentação dos felinos, cabos e fios importantes são mantidos fora de acesso e protegido por grades.

Gato da empresa Ferray

A história de amor com os gatos da empresa japonesa começou há 19 anos. Um dos funcionários adotou um felino e passou a levar para o escritório.

A atitude agradou e o bichano levou alegria ao ambiente de trabalho. Contagiados com a atitude, outros passaram a fazer o mesmo criando uma rede de ajuda.

Ambiente menos estressante

Segundo o CEO da empresa, Hidenobu Fukuda, os gatos ajudaram a criar um ambiente menos estressante, além de distrair, divertir e criar interação entre os funcionários de forma positiva. Como resultado os trabalhadores se tornaram mais produtivos, eficientes e felizes.

Leia também

Daikichi & Fuku-chan: gatos viajantes do Japão já visitaram 47 prefeituras 

Entenda a adoração dos japoneses por gatos! 

Nome de gatos no Japão e seus significados 

Centenas de gatos de rua no Japão acabam tendo por destino o sacrifício, por isso, a empresa japonesa acabou levantando bandeira para a causa dos animais abandonados.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via