10 melhores start-ups japonesas para trabalhar, segundo com o Linkedin

Os critérios adotados para eleger as melhores start-ups japonesas foram classificadas segundo o feedback dos usuários do Linkedin em quatro pilares: crescimento de emprego, engajamento, interesse profissional e capacidade de atrair melhores talentos.

10. Shizen Energy Group

Shizen Energy Group

Fica localizada em Fukuoka e opera desde 2011. Tem escritórios adicionais em Tokyo e Kobe. Emprega 205 pessoas de diferentes nacionalidades de 28 países com faixa etária entre 20 a 70 anos. É uma das start-ups japonesas que trabalha com energia renovável.

9. Quoine

Funcionários quoine

A start-up japonesa Quione trabalha com a plataforma Liquid de transações de criptomoedas com sedes em Tokyo, Singapura e Vietnã.

8. Cogent Labs

Escritório

Empresa de Inteligência Artificial, a start-up japonesa fui fundada em 2014 fazendo pesquisas e desenvolvendo novas soluções tecnológicas para empresas. Tem um time diversificado de 19 países com experiência em deep tech.

7. Origami

Start-up Origami

Origami é um start-up de Tokyo e oferece métodos de pagamento móveis para o comércio. Entre os principais clientes estão KFC, Japan Taxi e Loft. Desde seu lançamento em 2012, recebeu incentivo de U$ 88 milhões.

6. LeapMind

Leap Mind

LeapMind desenvolve tecnologia robótica e para a Internet das Coisas. A start-up japonesa tem 85 funcionários e oferece diversos benefícios, como suporte educacional.

5. Mujin

Escritório Mujin

A start-up produz robôs usados em indústrias de logística e fabricação. Fica em Tokyo e teve crescimento desde 2012. Entre seus funcionários, pessoas que trabalharam no Google, Microsoft e Honda.

4. Smart News

Smart News

O aplicativo usa inteligência artificial para oferecer curadoria de conteúdo. Lançada em 2012, tem 10 milhões de usuários ativos e analisa 10 milhões de artigos por dia. Tem escritórios em Tokyo, São Francisco e Nova York.

3. Abeja

Abeja

A empresa de softwares desenvolve produtos e serviços relacionados com a Internet das Coisas, Big Data e inteligência artificial. Tem sete anos no mercado.

2. BitFlyer

BitFlyers

A empresa oferece uma plataforma de transação de criptomoedas e serviços financeiros desde 2014. Foi lançada em 2014 para facilitar a compra e venda de Bitcoin e opera no Japão, Estados Unidos e União Europeia.

Leia também

Empresas no Japão pagam salários milionários a profissionais de TI

Salários no Japão: dados e curiosidades

Tipos de escolas para dar aula de inglês no Japão

1. ExaWizards

Funcionários

A start-up de softwares foi fundada em 2016 e oferece soluções de inteligência artificial para resolver problemas no Japão, incluído envelhecimento da população e declínio de nascimentos.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via