Conheça dois locais no Japão considerados perigosos

Apesar de ser considerado um país seguro, existem sim, locais no Japão considerados perigosos. Claro, nada comparado com certas regiões do Brasil, mas nesses lugares a recomendação é andar atento e tomar atitudes preventivas.

2. Rokku em Asakusa

Rokku

Rokku é marcado por ter entretenimento de todos os tipos com predominância de teatros pornôs, mas ainda tem restaurantes, cinemas, teatros convencionais, pachinko, entre outros.

É conhecido popularmente como sexto distrito. Na época do período Edo era considerado um local subversivo e essa fama perdurou. Tem cabarets, casas de strip-tease e prostituição desde o período pós II guerra.

A fama de perigoso se deve a presença dos estabelecimentos de entretenimento adulto e ambiente nem tão familiar. Além disso, muitos japoneses recomendam andar por lá com cautela após o anoitecer.

Rokku pouco aparece nas listas de sites de viagens e seu lado obscuro é pouco descrito e mais conhecido pelos moradores.

1. Tobita – Osaka

Tobita

Tobita Shinchi é conhecido popularmente como rua das prostitutas no Japão e fica em um dos bairros mais pobres de Osaka: Nishinari.

É uma das maiores áreas com esse apelo e surgiu em 1900. Tem bordeis antigos convertidos em restaurantes ryoutei com quartos no andar de cima.

Nesse tipo, as mulheres trabalham como garçonete com serviços extras e por fora parece um estabelecimento comum.

Algumas casas são mais expostas e têm uma espécie de vitrine com mulheres usando fantasias e lingeries sob uma luz forte com uma senhora na entrada e escadas indicando um quarto no andar de cima.

Vitrine humana

É considerado um local perigoso pelos japoneses e por isso recomenda-se cautela ao andar por lá, inclusive, durante o dia. Ainda assim é bem organizado, limpo e a atmosfera é de um Japão antigo e pouco divulgado.

Leia também

Kabukicho em Shinjuku: o distrito da luz vermelha no Japão 

Os 7 bairros mais perigosos do Japão 

Nishinari: o famoso gueto de Osaka

Recomenda-se não deixar equipamentos eletrônicos dando bobeira e é proibido fotografar os locais.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via