10 Elementos de uma casa tradicional japonesa

As casas tradicionais japonesas possuem elementos distintos e características arquitetônicas únicas. Eles são considerados uma parte importante da história e da cultura do Japão.

Neste artigo, daremos uma olhada em alguns dos aspectos tradicionais de uma casa ou acomodação japonesa.

1 – Fusuma

fusuma
(Crédito: Divulgação)

Fusuma (襖, ふすま) são painéis deslizantes que atuam como portas, divisórias e paredes. Geralmente, os painéis são decorados com pinturas de flores, paisagens, animais ou motivos mitológicos.

 2 – Shōji

shoji
(Crédito: Divulgação)

Shōji (障子, しょうじ) é um outro tipo de painel deslizante feito de papel translúcido em uma armação de madeira. Este tipo de porta permite a entrada de luz natural para o interior da casa.

3 – Genkan

genkan
(Crédito: Divulgação)

O genkan (玄関, げんかん) fica localizado na entrada da residência, normalmente um degrau abaixo do piso principal. É neste local que os calçados devem ser retirados.

4 – Tatami

tatami
(Crédito: nonbiri-kuraso)

Tatami (畳, たたみ) é uma esteira feita de palha de arroz, utilizada como um revestimento de piso. Ela é usada principalmente para cobrir o assoalho do washitsu (sala de estilo japonês).

Em aposentos com tatami não é permitido entrar com calçados, nem mesmo com pantufas (surippas). Nestes cômodos, deve-se sentar no chão em almofadas (zabuton) ou em cadeiras sem pernas (zaisu).

5 – Chabudai

chabudai
(Crédito: Divulgação)

Chabudai (茶ぶ台, ちゃぶだい) são mesas com pernas curtas, que podem variar de 15 a 30 centímetros de altura. Elas são geralmente usadas em pisos de tatami. É comum que as famílias japonesas comam em um chabudai enquanto estão sentados em um zabuton.

Leia também:

6 – Kotatsu

kotatsu
(Crédito: Divulgação)

O kotatsu (炬燵, コタツ) consiste em um mesa baixa com um aquecedor embutido embaixo e um acolchoado grosso para que o ar quente não escape. Bastante popular durante o inverno, as pessoas costumam se sentar com as pernas debaixo do kotatsu para relaxar, apreciar uma refeição, estudar ou assistir televisão.

7 – Irori

irori
(Crédito: muza-chan)

Irori (囲炉裏, いろり) é uma espécie de lareira tradicional utilizada tanto para aquecer a casa quanto para cozinhar alimentos. Ela consiste basicamente em um buraco quadrado no chão equipado com um gancho decorativo ajustável (jizaikagi) que pende do teto.

É  cada vez mais raro encontrar um irori, que continua presente, geralmente, apenas em prédios históricos ou em pousadas antigas.

8 – Tokonoma

tokonoma
(Crédito: Japan Talk)

O tokonoma (床の間) é uma área ligeiramente elevada embutida na parede. Neste espaço, itens como pinturas, kakemono (pergaminho de parede), shodo (caligrafia japonesa) e ikebana (arranjo de flores) são expostos para apreciação artística.

9 – Engawa

Engawa
(Crédito: Wikipedia)

Engawa (縁側, えんがわ) é um corredor externo que envolve uma casa japonesa. Trata-se de um espaço de transição e também de proteção às portas corrediças (shōji) tanto do sol como da chuva.

10 – Ofuro

ofuro
(Crédito: Japan Talk)

Ofuro (風呂, おふろ) é um tipo de banheira tradicional do Japão caracterizada pelo seu formato mais profundo do que uma banheira ocidental. O objetivo não é lavar o corpo, pois quem entra em um ofuro deve lavar-se e enxaguar-se previamente. Em casas antigas e ryokans ainda é possível encontrar os tradicionais ofuro em madeira.

 

Embora existam uma série de acomodações disponíveis no Japão, provavelmente, uma das mais interessantes é a hospedagem de estilo japonês, como o ryokan (pousada japonesa). Neste local, você poderá encontrar muitos dos elementos tradicionais citados neste post!

Se você já teve a oportunidade de se hospedar ou morar em uma casa tradicional japonesa, deixe nos comentários!

Fonte: Matcha, Japan Talk

Comentários

Share via