Vocês já devem saber que o Japão enfrenta o problema do envelhecimento de sua população. Porém, uma notícia divulgada pela polícia metropolitana de Tokyo surpreendeu e chocou pessoas por envolver uma idosa cafetina.

Idosa cafetina

Uma idosa de 70 anos foi presa no dia 16 de abril por gerenciar um serviço de prostituição no país. Yumiko Ono cuidava de um serviço chamado ”delivery de saúde”.

Na ocasião a cafetina idosa estava negociando um encontro sexual com uma de suas funcionárias de 69 anos com um cliente idoso também. O encontro ocorreria em um hotel de Tóquio.

A cafetina foi presa por violar as leis no Japão, afinal, pela lei a prostituição é crime no Japão. Porém, isso não impede que casas ofereçam encontros íntimos e com a oferta de mulheres idosas.

Leia também

Idosas estão cometendo crimes no Japão, saiba os motivos

Cidade de Yamato cria programa para ajudar idosos solitários no Japão

Homem misterioso é preso por viver na casa de uma idosa durante quase meio ano sem ser notado

Aliás, não é apenas a prostituição para idosos que cresce no país, o mercado pornográfico também se dedica a esse nicho com lucros e crescimento impressionantes.

As autoridades afirmaram que as mulheres maduras que oferecem esse tipo de serviço são chamadas de jukujo-kei hitozuma. O negócio de Yumiko Ono gerenciava 13 mulheres entre idades entre 37 a 72 anos, com média de 54 anos de idade.

Por cerca de 12 anos de profissão, acredita-se que Ono tenha lucrado mais de 200,000 milhões de ienes.

Fonte: FNN

Curta nossa página no Facebook
(Não aperte o botão se você já curtiu)

Comentários

comentários