Grupo Otera Oyatsu ajuda crianças carentes no Japão

Um dos países mais ricos do mundo e com um alto índice de desenvolvimento humano também têm seus problemas internos como a pobreza infantil.

Por isso, um grupo chamado Otera Oyatsu Club resolveu agir para ajudar crianças carentes no Japão com uma ideia simples, inteligente e interativa.

Pobreza no Japão

Não é muito comum associar pobreza ao Japão por vários motivos, mas ainda assim é estimado que atualmente uma em cada sete crianças japonesas vivam na linha da pobreza.

Assim como todos os países, o Japão e a sociedade japonesa sofrem com questões econômicas e sociais igualmente complexas, mas nem sempre abordadas.

Um caso de repercussão nacional aconteceu em 2013 em Osaka. Uma mulher identificada como Michiyo Inoe de 28 anos e sua filha Rui foram encontradas mortas em seu apartamento.

De acordo com o laudo médico, mãe e filha morreram de fome. Michiyo ainda teria deixado um bilhete antes de falecer dizendo que gostaria de ter dado mais comida para sua filha.

A notícia chocou o país e alertou sobre a realidade de algumas pessoas e famílias. Só no Japão são aproximadamente 2.8 milhões de crianças em situação de pobreza relativa ou absoluta.

Leia também

Restantes Kodomo Shokudo devolvem dignidade a crianças que passam fome no Japão

Quem são os homeless, os moradores de rua do Japão

Conheça a luta dos pais solteiros no Japão

Seirou Matsushima

Otera Oyatsu

Abalado com a morte trágica de mãe e filha, o monge budista Seirou Matsushima decidiu intervir de alguma forma para fornecer soluções para o problema nacional.

Em 2014, Matsushima fundou o Otera Oyatsu Club. O objetivo era recolher e distribuir alimentos e outras doações para famílias em situação de pobreza.

Utilizando uma rede de 932 templos em todo o país para recolher as doações e com 377 parceiros sociais, o grupo atente atualmente a cerca de 10 mil crianças.

De acordo com os monges, as doações feitas são consideradas oferendas ao próprio Buddha.

No site oficial do grupo (apenas em japonês), é possível doar dinheiro, livros usados e comida. Para acessar clique aqui

Premiações

A atuação do grupo Otera Oyatsu Club rendeu o prêmio Good Design Awards 2018 promovido pelo Japan Institute of Design Promotion por soluções de combate a pobreza.

A rede criada pelo grupo consegue rastrear as pessoas em vulnerabilidade social, em especial a pobreza infantil, por intermédio dos seus 377 parceiros sociais.

Além disso, o grupo conseguiu engajar as comunidades locais para contribuírem com pessoas desconhecidas promovendo uma cultura de solidariedade.

A premiação Good Design foi criada pelo ministro do comércio exterior e indústria em 1957 para promover ideias inovadoras que contribuíssem para o desenvolvimento e bem-estar da sociedade.

Gostou do artigo? Não deixe de assinar nossa Newsletter.

Share via