Resoluções do ano novo japonês para inspirar

Entra e sai ano, alguns de nós tentamos fazer resoluções sobre as nossas vidas e traçar metas novas.

É como se um ciclo encerrasse para que outro começasse e podermos mudar hábitos nocivos, enxergar os problemas com outros olhos, ter forças para mudar de emprego, etc.

A cultura japonesa pode ser inspiradora e suas filosofias podem ajudar em alguns processos. Por isso, confira algumas resoluções japonesas para o ano novo.

Adotar o minimalismo

Não estamos falando para ser radical e sair jogando tudo fora e ser adepto a essa filosofia, mas para introduzir hábitos novos que possam beneficiar sua vida.

Segundo o shinto, as energias devem fluir e um local cheio de objetos desnecessários pode fazer você ficar como elas, empacado e enclausurado.

Existem muitas pessoas adeptas do minimalismo no Japão e no mundo que relatam benefícios que extrapolam o material.

Tentar colocar em prática o desapego consciente

O Danshari é uma filosofia japonesa do desapego consciente, de viver com o necessário, sem hábitos compulsivos e de coisas que não fazem mais sentido na vida.

O objetivo é viver melhor, ter reflexões mentais e parar o consumismo.

Adotar o Hara Hachi Bu

O Hara Hachi Bu é a alimentação de Okinawa e responsável pela logenvidade e disposição de quem vive lá.

O segredo é comer até estar 80% satisfeito, além de fazer escolhas mais saudáveis e exercícios físicos.

O segredo tem explicação científica, já que o hormônio grelina (entre outros) que é responsável pela saciedade, ou seja, avisar nosso corpo que já comemos o suficiente, demora 20 minutos para fazer isso.

Então, se você é daquelas pessoas que comem rápido em quinze minutos, não saberá quando parar de comer a tempo. Já demos algumas dicas em como adotar o Hara Hachi Bu, se não viu leia também:

Hara Hachi Bu: aprenda a comer como os japoneses de Okinawa

Danshari: conheça a crescente tendência do desapego material

Ma: uma reflexão japonesa sobre a quarta dimensão

Tirar um tempo para contemplar o nada

A reflexão japonesa Ma nos ensinam a lidar com a ansiedade e o tempo em nossas vidas. A proposta é simples, basta tirar alguns minutos do dia para contemplar o nada e refletir sobre a harmonia que existe entre o tempo e a nossa dimensão.

Afinal, o Ma contempla o vazio dentro do silêncio, de maneira mais simples. É uma das filosofias shintô e é o pilar de sustenção para o minimalismo.

Gostou do artigo? Inscreva-se em nossa newsletter.

Share via