Calor no Japão: altas temperaturas batem recorde

O calor no Japão bateu temperaturas recordes para a época. Atualmente ainda é primavera, mas o período de transição para o verão já começou.

Calor no Japão

Pessoa embaixo de sombrinha

O tempo além de muito quente é úmido. Portanto, isso faz a sensação térmica elevar. Oficialmente o verão começa dia 22 de junho e termina em 23 de setembro.

No entanto, em Tokyo foram quatro dias consecutivos com o termômetro marcando 30 graus. É um recorde para o mês de maio, segundo a agência metereológica japonesa.

Como consequência dez estudantes de Machida foram levados ao hospital e uma mulher de 42 anos desmaiou no estacionamento de supermercado de Mito.

Além disso, uma idosa de 88 anos de Saitama e outra de 90 anos de Oshu faleceream em decorrência do calor.

Foram cerca de 400 pontos com temperaturas acima dos 30 graus. Isesaki chegou a registrar 36 graus e Saroma 39 graus.

Até o dia 26 de maio 575 pessoas passaram mal e foram levadas a hospitais, segundo informações do Kyodo News e Japan Times.

Hokkaido marcou 39.5 graus no domingo. Fato inédito desde 1993 quando as temperaturas chegaram a 37.2 graus em Chichibu.

Natsubate

O calor no Japão é marcado pelo mal do natsubate. É a fadiga do verão e os sintomas incluem dor de cabeça, perda de apetite, diarréia, náuseas e vômitos, mal-estar constante, insônia, constipação e até depressão.

Para combater os sintomas os japoneses costumam mudar sua alimentação. Além disso, toalhas umedecidas fazem parte dos itens essenciais do dia a dia.

Leia também

Alimentos típicos do verão japonês

Como lidar com o natsubate?

Repelentes japoneses para sobreviver ao verão

10 coisas para fazer na estação mais quente do ano

Verão

Apesar do clima extremamente quente, o verão é uma das épocas mais celebradas do Japão. Muitos festivais regionais acontecem, as piscinas e praias ficam lotadas e eventos com fogos de artifício são comuns durante a noite.

Insetos

Além disso, a época é marcada pelos insetos. Apesar do país ser bem limpo, o tempo quente e úmido é propício para proliferação de mosquitos, pernilongos, baratas, gejigeji e mais.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via