Roupas e acessórios do Japão: seis itens ainda usados atualmente

Mesmo com a modernização e industrialização do país, a cultura e tradições milenares ainda permanecem vivas nos dias de hoje através de costumes, roupas e acessórios do Japão.

Não é tão utilizada nos últimos 70 anos, mas a moda tradicional ainda se faz presente em meio a sociedade moderna e seus costumes dentro da terceira maior economia global.

1.Kimono

Trajes de kimono

Você sabia que os primeiros kimonos no Japão são da era Heian (794 – 1192 d.C.)? Antes, os japoneses utilizavam calças e camisetas, saias ou uma peça única com uma faixa “separando” a parte superior da inferior.

Foi graças ao comércio e intercâmbio com a China, que a vestimenta chegou ao Japão, e fez muito sucesso graças as suas vantagens.

Afinal, é fácil de dobrar e adequado para qualquer estação do ano oferecendo calor durante o frio e uma roupa fresca durante o calor.

É utilizado em ritos de passagem importantes na vida do japonês e em festivais. Em Kyoto é muito comum alugar um kimono e passear pelos locais históricos.

2.Yukata

Já o yukata era uma vestimenta destinada a nobreza do Japão durante o período Heian. O traje de linho era utilizado por nobres após seus banhos.

Casal usando yukata

Somente durante o período Edo, essa roupa tradicional passou a ser utilizada pela população em geral quando os banhos públicos se tornaram populares.

Ainda hoje é possível encontrar japoneses (e por vezes estrangeiros) utilizando essa roupa milenar japonesa. Especialmente durante festivais e eventos religiosos.

2.Uchikake

Noivos com roupas tradicionais

Durante o casamento, o uchikake é uma vestimenta que cobre e adorna o kimono da noiva. Além disso, as cores e o significado são sinais de bons auspícios

Tradicionalmente, os uchicake devem ser vermelhos em casamentos em alusão a garça, que de acordo com a mitologia vivem mil anos. Mas nos últimos anos, muitas mulheres estão optando pela cor branca em vez da vermelha tradicional.

De qualquer forma, o uchikake não é exclusivo ao casamento. Essa vestimenta também é utilizada em performances de kabuki. Uma das formas de interpretação do teatro.

Além disso, o uchikake está na história desde os primeiros Imperadores. Era um acessório de moda para adornar os nobres da corte Imperial.

4.Fundoshi

Homens usando fundoshi

Embora o fundoshi seja associado pelos ocidentais como uma vestimenta masculina, essa vestimenta também ganhou o público feminino nos últimos anos.

O fundoshi foi um acessório extremamente popular em todo o Japão entre 100 a 150 anos independentemente da classe social. Na verdade, continou popular até o final da segunda guerra mundial.

Utilizado comumente em casas de banho, piscinas e em lutas (sumô), você também encontrará muitas pessoas utilizando em festivais tradicioanais do Japão.

É considerado traje ideal para o calor e para realizar atividades que exigem grande esforço físico.

Durante o período Edo, o fundoshi era amplamente utilizado por pescadores, artesãos e comerciantes em seu dia a dia.

5.Kanzashi

Kanzashi no cabelo

Esse adorno para os cabelos femininos ainda é muito popular no Japão. Kanzashi significa “flor no cabelo” e sua lenda começa durante a era Heian.

Tudo começou quando os japoneses (homens e mulheres) utilizavam flores selvagens ou galhos de árvores nos cabelos nos rituais religiosos.

O objetivo da flor era afastar os demônios e espíritos malignos das pessoas. Durante o período Azuchi-momoyama, o adorno passou a ser produzido e significar alto status social.

enfeite para cabelo

Acredita-se que o acessório também tenha sido utilizado como uma arma de defesa pessoal durante os períodos de guerra no Japão.

Happi

Homem usando happi

Tão antigo quanto o kimono e o yukata, o happi também chegou ao Japão com os chineses e se tornou popular.

Leia também

Yamamoto-tei: Conheça um lindo e tradicional jardim japonês em Tokyo 

Você está preparado para usar o banheiro tradicional no Japão? 

Jinrikisha ou riquixá é passeio tradicional no Japão 

Durante séculos, o happi foi uma vestimenta exclusivamente masculina. Porém, durante o período Edo, muitas mulheres aderiram ao acessório no seu dia a dia.

Por muito tempo o happi serviu para associar as pessoas aos seus líderes, chefes ou grupo. Atualmente eles são muito utilizados em festivais e eventos tradicionais do país, assim como é incorporado na moda casual do dia a dia.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via