Kamikatsu recicla 80% do lixo da cidade e visa desperdício zero

A cidade Kamikatsu tem pouco mais de 1.500 habitantes e fica em Tokushima na ilha Shikoku. Por conta de um problema com um dos incineradores principais decidiram reciclar todo seu lixo.

Kamikatsu

Kamikatsu

A pequena cidade fica a uma hora de distância de carro de Tokushima. Tem 85% de área montanhosa cercada por florestas e 55 pequenas comunidades espalhadas em 800 casas. Atualmente, o plano é ter zero desperdício para 2020.

Problemas com o lixo

Tudo começou nos anos 2000 quando a cidade foi obrigada a desativar um de seus dois incineradores.

Então, o único incinerador não podia lidar com todo o lixo produzido pelos 1.580 habitantes. Além disso, a verba não era suficiente para construir um novo ou pagar para usar o de cidades vizinhas.

Solução sustentável e barata

O prefeito Midori Suga contou ao periódico Japan Today que reciclar era a alternativa mais barata na ocasião. Deu certo.

Além disso, em 2017 atingiram uma meta impressionante. Dos 286 toneladas de lixo produzido, a reciclagem foi de 80%.

Centro de reciclagem

Para a reciclagem dar certo foi preciso muito esforço em conjunto. Atualmente, existem 45 categorias de lixo e devem ser seguidos criteriosamente.

Caixas coletoras

Os metais são dividos em cinco tipos, plástico em seis, papel em nove categorias, por exemplo.  Não existe coleta e os moradores devem limpar, separar, categorizar e levar os resíduos até o centro de coleta.

O centro abre 07hs30min e fecha 14hs todos os dias. O clima é de comunidade onde as pessoas se encontram periodicamente.

Leia também

Desperdício de alimento no Japão: redução de 50% até 2030 

Reciclagem no Japão e regras de lixo para iniciantes 

Por que quase não existem lixeiras no Japão?

Além disso, o lucro com a reciclagem ajuda a cobrir os custos com todo o trabalho feito. Só de metal e papel o montante chega entre 2.5 a 3 milhões de ienes anualmente.

Como parte da iniciativa, em 2017, Kamikatsu passou a distribuir fraldas de pano em kits para os primeiros meses de recém nascidos.

Em 2019, já é previsto que não sobre nada para o incinerador. A atmosfera é colaborativa e de bom senso entre os moradores de Kamikatsu. Além disso, todos concordam que é melhor reciclar tudo para evitar o desperdício.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via