Irashaimase: como responder a esse cumprimento?

Irashaimase いらっしゃいませ!é a forma dos japoneses de dar boas-vindas. É considerado essencial na hora de recepcionar clientes e é dita por funcionários de estabelecimentos comerciais.

Boas vindas

É uma forma mais educada em comparação com o casual irasshai. Portanto, uma forma imperativa do verbo irassharu (ir/entrar) e iru/masu (ser e existir).

A língua japonesa é cheia de sufixos, conjugações e verbos que podem mudar de acordo com o nível de polidez.

Além disso, pode ter várias intrepretações. Por exemplo, irassharu também significa ser e existir, mas também pode ser interpretado como ir e vir/entrar.

Portanto, irashaimase é uma forma bem direta e educada em dizer: entre ou seja bem-vindo. Além disso, não podemos esquecer que existem outras formas de dar boas-vindas no Japão, mas irashaimase é a mais usada comercialmente.

Passou a ser comum depois de vendedores adotarem a frase para atrair pessoas para dentro de suas lojas.

Depois, o costume foi se espalhando pelo Japão e os clientes passaram a ser recebidos assim. Faz parte do omotenashi (hospitalidade).

É dito todas as vezes. Portanto, se for ao Japão ouvirá muito irashaimase em alto e bom som, em coro e de todas as formas possíveis. Para os mais tímidos pode ser um sofrimento saber como agir.

Leia também

Etiqueta japonesa: qual motivo de pedirem tantas desculpas

Etiqueta no Japão: como comprar e pagar?

10 etiquetas corporativas que os jovens japoneses estão cansados

Como responder?

Depois de um tempo acostuma-se a ouvir tanto, mas a primeira reação de muitos é responder de volta com um arigato gozaimashita ou sorrir de volta.

No entanto, segundo a regra de etiqueta japonesa não é preciso fazer nada. Simples assim. É uma frase retórica, digamos assim. Tanto que, às vezes, o funcionário diz quase automaticamente sem fazer contato visual algum.

Se ficar muito sem graça em fazer nada, recomenda-se olhar e acenar levemente com a cabeça. Se não conseguir, não se preocupe, pois não será considerado rude.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via